Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Espanha vai a novas eleições a 10 de novembro

Partidos não chegaram a acordo para formar governo.
Correio da Manhã e Lusa 17 de Setembro de 2019 às 19:27
Parlamento espanhol
Pedro Sanchéz
Pedro Sánchez
Parlamento espanhol
Pedro Sanchéz
Pedro Sánchez
Parlamento espanhol
Pedro Sanchéz
Pedro Sánchez
A Espanha vai a novas eleições a 10 de novembro, uma vez que os partidos espanhóis não chegaram a acordo para formar governo. O rei Felipe VI não indicou Pedro Sánchez para a investidura como primeiro-ministro.

Segundo um comunicado da Casa Real espanhola, publicado depois de uma ronda de conversações, em Madrid, com quinze líderes partidários, Felipe VI constatou que "não existe um candidato com os apoios necessários" e assim "não formula uma proposta de candidato" a primeiro-ministro.

Recorde-se que Pedro Sánchez, o presidente do PSOE, esteve reunido com o rei Felipe VI no Palácio da Zarzuela, em Madrid, naquela que foi a última consulta do monarca com os líderes dos partidos antes de ter decidido sobre o impasse político que se vive naquele país desde as eleições em abril.

O principal objetivo era evitar a convocação para novas eleições a 10 de novembro.
Espanha política eleições acordo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)