Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Espíritos de defuntos evocados em escola

Militares, polícias e elementos da secreta moçambicana impediram ontem a presença de jornalistas numa cerimónia tradicional de evocação de espíritos na Escola Secundária Quisse Mavota, Maputo, onde dezenas de alunas desmaiaram inexplicavelmente nas últimas semanas.
30 de Maio de 2010 às 00:30
Polícias vigiaram o local
Polícias vigiaram o local FOTO: Pedro Figueiredo/Lusa

O ritual, alegadamente patrocinado pelo município de Maputo, teve como objectivo pedir a bênção dos espíritos dos defuntos enterrados no local do antigo cemitério hoje ocupado pela Escola Secundária Quisse Mavota. Perante a vaga de desmaios, que acontecem apenas a mulheres, os encarregados de educação exigiram a realização da cerimónia, em que foram sacrificados bois e cabritos.

O governo moçambicano começou por se distanciar da cerimónia, mas perante a forte pressão da comunidade local terá cedido, pagando dois bois, igual número de cabritos e oferecendo ainda bebidas aos defuntos.

Ver comentários