Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Deputada diz que Estado de Direito em Hong Kong está "ferido de morte"

Pró-democrata acusa Pequim e o Governo de Carrie Lam de tudo usarem para intimidar a população.
Lusa 31 de Agosto de 2019 às 05:00
Deputada pró-democracia, Claudia Mo
Deputada pró-democracia, Claudia Mo FOTO: Reuters

A deputada pró-democracia Claudia Mo disse em entrevista à Lusa que o Estado de Direito em Hong Kong está "ferido de morte", acusando Pequim e o Governo de Carrie Lam de tudo usarem para intimidar a população.

"O Estado de Direito está ferido de morte em Hong Kong graças a Carrie Lam", afirmou Mo, no final de uma semana marcada por uma série de detenções de ativistas e deputados por alegadas ações ilegais durante as manifestações pró-democracia que duram há quase três meses na ex-colónia britânica administrada desde 1997 pela China.

"O Governo de Hong Kong está a acabar ou a tentar acabar com a nossa liberdade de expressão, de protestar, e a tentar transformar as pessoas em ovelhas obedientes", criticou.

Hong Kong Claudia Mo Pequim Governo de Carrie Lam Carrie Lam questões sociais morte
Ver comentários
}