Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Estado de emergência prolongado

O estado de emergência decretado pelo governo francês, para fazer face aos distúrbios urbanos e que vai prolongar-se por três meses, foi oficializado este sábado com a publicação da lei no Boletim Oficial do Estado. A medida entra em vigor na segunda-feira.
19 de Novembro de 2005 às 14:29
Segundo a polícia, a situação voltou "à normalidade" há duas noites, ainda que dez mil polícias continuem mobilizados no patrulhamento. O prolongamento daquela medida de excepção foi aprovado pelo parlamento francês na quarta-feira, com os votos favoráveis da maioria conservadora e com a oposição dos partidos de esquerda.
Mais de 9 mil veículos foram incendiados e mais de 200 edifícios públicos e privados sofreram danos durante as três semanas de distúrbios, iniciados a 27 de Outubro, depois da morte de dois adolescentes que se haviam refugiado da polícia num transformador eléctrico em Clichy-sous-Bois, nos subúrbios de Paris.
O estado de emergência, baseado numa lei adoptada em 1955, na época da guerra na Argélia, permite impor recolher obrigatório e outras medidas restritivas da liberdade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)