Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Estreia de Giuliani não afecta McCain

O antigo presidente da câmara de Nova Iorque Rudolph Giuliani entra hoje oficialmente na corrida à nomeação republicana, mas a sua estratégia eleitoral ameaça sair furada. As sondagens colocam-no num longínquo terceiro lugar atrás de John McCain e Mitt Romney.
29 de Janeiro de 2008 às 00:30
Após vários meses como líder incontestado das sondagens no campo republicano, Giuliani surpreendeu todos ao anunciar que não tencionava fazer campanha nos primeiros estados a realizar primárias, preferindo apostar tudo na Florida e na ‘super-terça-feira’, 5 de Fevereiro, em que votam mais de 20 estados. Na altura, os analistas dividiram-se; se resultasse, seria um golpe de génio; se fracassasse, uma estratégia suicida.
As sondagens parecem confirmar a segunda hipótese. O ex-mayor de Nova Iorque surge num distante terceiro lugar nas intenções de voto para as primárias de hoje na Florida, com 14 por cento, muito atrás do veterano senador do Arizona John McCain, com 33 por cento, e do ex-governador do Massachusetts Mitt Romney, com 30 por cento. Os democratas não fizeram campanha neste estado devido ao adiantamento unilateral das primárias.
Entretanto, do lado democrata, o senador Barack Obama continua a somar apoios de peso. Desta vez foi a Nobel da Literatura Toni Morrison e o senador Edward Kennedy, irmão do falecido presidente John F. Kennedy.
FLORIDA
Capital: Tallahassee
Maior cidade: Jacksonville
Área: 170 304 km2
População: 15 982 378
- Brancos: 81,47%
- Negros: 16,31%
- Hispânicos: 18,48%
- Asiáticos: 2,52%
- Outros: 0,6%
Governador: Charlie Crist (Rep.)
Religiões
- Protestantes: 54%
Católicos: 26%
Outras: 20%
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)