Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Estudante cospe em ex-presidente do Chile

Estudante espancado por populares após ter cuspido em ex-presidente do Chile durante ato eleitoral.  
29 de Maio de 2013 às 17:49

Um estudante de Antropologia foi espancado por populares e depois detido pela polícia em Arica, cidade no extremo norte do Chile, depois de ter cuspido no rosto da ex-presidente daquele país sul-americano, Michelle Bachelet, durante um ato de campanha eleitoral. Michelle é novamente candidata e lidera as sondagens para as presidenciais no país, que se realizarão em Novembro.

A ex-presidente fazia uma caminhada pelas ruas da cidade, que fica a dois mil quilómetros da capital, Santiago, rodeada de militantes da coligação de centro-esquerda que a apoia, quando o jovem se aproximou, como se fosse mais um simpatizante. Ao chegar perto da candidata à presidência, o estudante, identificado pela imprensa local como Elías Sañueza, que estuda na Universidade de Tarapacá, cuspiu no rosto de Michelle, que parou, espantada e assustada.

Cercado imediatamente por simpatizantes da ex-chefe de Estado, o rapaz foi afastado e agredido, só não tendo acontecido algo pior porque a polícia interveio e retirou o agressor do local, levando-o para a esquadra. Elias recusou adiantar as razões que o levaram a cuspir na cara da candidata favorita às presidenciais.

Michelle Bachelet, que foi a primeira mulher eleita presidente do Chile, que governou de 2006 a 2010, regressou ao país em Março, depois de ficar quase três anos à frente do escritório da Organização das Nações Unidas para políticas para as mulheres. Agora, vai disputar em 30 de Junho as primárias com outros três candidatos da coligação que a apoia, mas a sua enorme popularidade deve garantir-lhe a indicação oficial para representar o grupo de partidos nas presidenciais.

Chile estudante cospe presidente Michelle Bachelet
Ver comentários