Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Estudantes cabo-verdianos em Wuhan pedem para sair da China devido a coronavírus

Jovens têm estado mantidos em quarentena.
Lusa 29 de Janeiro de 2020 às 13:23
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Os 15 estudantes cabo-verdianos em quarentena em Wuhan, cidade chinesa no epicentro do surto do novo coronavírus, pediram a Cabo Verde a sua retirada do país, mas o processo está dependente nomeadamente de questões sanitárias, disse fonte oficial.

A informação foi avançada esta quarta-feira, em entrevista à Lusa a partir de Pequim pela embaixadora de Cabo Verde na China, Tânia Romualdo, acrescentando que as autoridades cabo-verdianas têm registo da presença de pelo menos 420 cidadãos nacionais na China, incluindo em Macau, dos quais cerca de 350 são estudantes.

"Os estudantes em Wuhan enviaram uma carta nesse sentido [pedido de evacuação] e o Governo de Cabo Verde está a analisar todas as possibilidades. Como sabe, nessas situações, além de muitas outras questões, pesam também as orientações e protocolos sanitários internacionais", explicou a diplomata.

China Wuhan Cabo Verde política diplomacia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)