Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

ETA acordou explorar vias políticas

A ETA acordou numa reunião realizada no passado mês de Novembro “explorar as vias políticas” e abandonar a luta armada, mas sem renunciar às reivindicações políticas do grupo, revela o jornal espanhol ‘El Mundo’.
28 de Fevereiro de 2006 às 00:00
As conclusões da reunião foram, segundo o diário, comunicadas pelos Serviços de Segurança do Estado ao primeiro-ministro espanhol, José Luís Zapatero. Na reunião, a ETA admite a possibilidade de abandonar a luta armada, mas decidiu manter a sua estratégia de baixa intensidade, sem causar mortos.
Entretanto Madrid advertiu que a GRAPO continua activa, no dia em que foi detido Israel Torralba, um membro da organização.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)