Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

ETA envia cartas de extorsão a empresários bascos

A organização terrorista ETA enviou novas cartas de extorsão de dinheiro a empresários bascos, revelou este sábado um porta-voz da confederação patronal do País Basco, Confebask.
17 de Março de 2007 às 14:31
A confederação confirmou o envio das cartas, mas considerou não se tratar de uma "campanha de carácter generalizado e maciço" da ETA para obter fundos. No entanto, segundo o porta-voz, o envio das ameaças “revela uma atitude totalitária e mafiosa”, merecedora da "reprovação e condenação” de todos.
De acordo com a edição deste sábado do jornal ‘El Correo’, o grupo terrorista terá enviado nas últimas semanas novas cartas de extorsão a directores de empresas bascas, nas quais exige o chamado ‘imposto revolucionário’, correspondente ao pagamento de quantias entre os 59 mil euros e os 70 mil.
O jornal noticiu ainda que o grupo separatista basco nunca deixou de exigir fundos aos empresários, apesar do cessar-fogo e durante o período de diálogo com o Governo de Zapatero, primeiro-ministro espanhol.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)