Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

EUA afirmam que ele ainda é o poder

Um responsável da Casa Branca afirmou ontem que o presidente Fidel Castro, apesar de doente e formalmente afastado do poder, continua a ser a força dominadora por detrás da política de Cuba.
23 de Março de 2007 às 00:00
O secretário de Estado adjunto para a América Latina, Thomas Shannon, explicou que é Castro quem “define os parâmetros do governo” e não seu irmão, Raúl Castro, que assumiu interinamente a presidência em Julho de 2006 devido ao internamento do líder histórico cubano.
Mas os EUA duvidam de um regresso próximo de Fidel ao exercício pleno das suas funções. Esta dúvida é a resposta às declarações desta semana de um ministro cubano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)