Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

EUA: Assassino pedófilo grita pela sua equipa durante a execução

Um assassino pedófilo norte-americano executado esta quarta-feira no Texas gritou "Força, Cowboys!", referindo-se aos Dallas Cowboys, equipa de futebol americano de que era adepto, enquanto estava a ser executado.
29 de Março de 2012 às 22:06
Jesse Joe Hernandez morreu aos 47 anos
Jesse Joe Hernandez morreu aos 47 anos FOTO: D.R.

Jesse Joe Hernandez foi condenado por espancar até à morte um bebé de dez meses que estava ao seu cuidado. O crime sucedeu há 11 anos, mas só agora é que o assassino recebeu a injecção letal.

Antes de demonstrar a sua devoção pelos Dallas Cowboys, o condenado de 47 anos teve palavras de outro género: "Que Deus vos abençoe a todos. Continuem no caminho do Senhor."

Enquanto o produto químico actuava, Hernandez disse que conseguia sentir os efeitos. "Não é mau", garantiu, antes de deixar de respirar.

Antes de ter espancado até à morte o menino de dez meses e a sua irmã de quatro anos, que foi a principal testemunha de acusação, o norte-americano já tinha sido condenado por abuso sexual a uma criança - mais tarde bateu à ex-mulher com um taco de basebol e queimou o filho de uma namorada com cigarros -, o que poderá ter contribuído para a condenação à pena máxima.

Ver comentários