Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

EUA CONTRA ACORDO RÚSSIA-IRAQUE

Os EUA recordaram à Rússia os compromissos assumidos no âmbito das sanções impostos pelas Nações Unidas ao Iraque, numa altura em que Moscovo anunciou estar a ultimar um acordo comercial avaliado em 40 mil milhões de euros com o regime iraquiano de Saddam Hussein.
20 de Agosto de 2002 às 11:38
EUA CONTRA ACORDO RÚSSIA-IRAQUE
EUA CONTRA ACORDO RÚSSIA-IRAQUE
A Casa Branca e o Departamento de Estado norte-americano sublinharam que como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, a Rússia desempenha um papel primordial na revisão das sanções contra o Iraque este ano, pelo que deve contribuir para que se cumpram.

Ari Fleischer, porta-voz da Casa Branca, fez saber que Washington espera que “a Rússia cumpra as suas obrigações para com a ONU e a comunidade internacional”. “O comércio com o Iraque é permitido desde que cumpra as sanções da ONU. A categoria de bens que podem ser comercializados foi ampliada com o acordo dos EUA e da Rússia”, acrescentou.

Alinhando pelo mesmo diapasão, um porta-voz do Departamento de Estado sublinhou que o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Igor Ivanov, já informou os EUA de que o acordo com o Iraque respeitava as sanções impostas àquele país. “Obviamente, esperamos que tudo seja coerente com as resoluções do Conselho de Segurança”, assinalou.

Moscovo confirmou ontem a intenção de assinar um acordo comercial com o Iraque, depois de o jornal norte-americano “Washington Post” se ter referido a ele, este fim-de-semana. Segundo o diário, que citava Oleg Buklemeshev, um conselheiro do primeiro-ministro russo, Mikhail Kasyanov, o acordo será assinado por Moscovo e Bagdade logo que estiver pronto.

Buklemeshev adiantou que o documento pretende reforçar a cooperação entre os dois países em matéria de fornecimento de energia, nomeadamente petróleo e electricidade, e transporte, durante os próximos cinco anos. O responsável russo negou que o acordo violasse as sanções impostas pelas Nações Unidas ao Iraque, afirmando estar a ser preparado ao abrigo do que estabelecem as regras do direito internacional.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)