Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

EUA DESMENTEM MORTE DE TAREK AZIZ

A cadeia de televisão al-Arabiya noticiou ontem a morte do antigo vice-primeiro-ministro iraquiano, Tarek Aziz, que se encontra sob custódia norte-americana desde Abril de 2003. Os EUA desmentiram de pronto.
10 de Outubro de 2004 às 00:00
O ex-ministro Tarek Aziz
O ex-ministro Tarek Aziz FOTO: d.r.
Citando fontes do Comité Internacional da Cruz Vermelha no Iraque, aquela televisão árabe, sediada no Dubai, noticiou que "Tarek Aziz morreu na prisão". Fontes do Vaticano confirmaram igualmente o falecimento de Aziz, segundo informações veiculadas por outra televisão árabe, a al-Jazeera. No entanto, um porta-voz do Exército norte-americano, Barry Johnson, negou de imediato a morte do antigo ministro de Saddam Hussein. "Posso confirmar que Tarek Aziz está vivo. Não há alterações no seu estatuto, pelo que continua detido", referiu. Também a família do ex-ministro de Saddam, nomeadamente um dos filhos de Aziz, Ziad, desmentiu já a notícia.
ACORDO COM LÍDERES TRIBAIS
Entretanto, o porta-voz da equipa de negociadores que representa o líder radical xiita Moqtada al-Sadr confirmou que os líderes tribais chegaram a um acordo provisório de desarmamento com o governo interino iraquiano. No entanto, aquele negociador ressalvou que a posição dos rebeldes poderá não ser definitiva.
No terreno, a violência continua. Ontem registou-se mais uma baixa americana em Bagdad, onde morreram ainda três civis iraquianos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)