Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

EUA divulgam vídeos de Osama (COM VÍDEO E FOTOS)

As autoridades norte-americanas revelaram ontem cinco vídeos de Osama bin Laden apreendidos na casa de Abbottabad onde vivia refugiado e onde foi morto por soldados dos EUA. O vídeo mais revelador mostra-o a ver na televisão reportagens sobre si e sobre o 11 de Setembro. Um responsável americano afirmou que os dados apreendidos provam que Bin Laden era ainda o líder operacional da al-Qaeda.

8 de Maio de 2011 às 00:30
A notícia da morte de Bin Laden foi acompanhada no Paquistão, onde o líder da al-Qaeda foi morto.
Vários vídeos novos mostram líder da al-Qaeda a ensaiar discursos
Nenhum norte-americano ficou indeferente à morte de Bin Laden.
A al-Qaeda, liderada por Bin Laden, foi a responsável pelos atentados de 11 de Março de 2004 em Madrid, que mataram centenas de pessoas.
A morte de Osama bin Laden foi festejada por muitos norte-americanos.
Bin Laden foi o responsável pelos ataques às Torres Gémeas, que causaram a morte a cerca de três mil pessoas.
O momento histórico em que Barack Obama anuncia aos EUA e ao mundo a morte de Bin Laden.
A imagem da morte de Bin Laden divulgada pelos EUA.
A imagem de Bin Laden está por todos os mercados no Paquistão.
CNN divulgou vídeos com Bin Laden, de barbas brancas, a assistir a noticiários
No duelo contra o terrorismo, Obama derrotou Osama.
Os nova-iorquinos festejaram em Times Square a morte do inimigo número 1 dos EUA.
O antigo presidente dos EUA, George W. Bush, não foi esquecido na hora de celebrar a morte de Bin Laden.
A 8 de Julho de 2005, Londres era alvo dos atenados da al-Qaeda, que vitimaram dezenas de pessoas.
O momento em que Barack Obama anunciou a morte de Bin Laden foi seguido em todo o mundo.
No total, foram revelados cinco vídeos inéditos de Bin Laden, que surge mais envelhecido
Bin Laden via imagens dele próprio com toda a atenção
Foram muitas as pessoas que se deslocaram até à Casa Branca, em Washington, para celebrar a morte de Bin Laden.
Bin Laden era o inimigo número 1 dos EUA, pelos inúmeros atentados que mataram milhares de norte-americanos.
A morte de Bin Laden representa uma importante vitória para os EUA.
A notícia da morte de Bin Laden foi acompanhada no Paquistão, onde o líder da al-Qaeda foi morto.
Vários vídeos novos mostram líder da al-Qaeda a ensaiar discursos
Nenhum norte-americano ficou indeferente à morte de Bin Laden.
A al-Qaeda, liderada por Bin Laden, foi a responsável pelos atentados de 11 de Março de 2004 em Madrid, que mataram centenas de pessoas.
A morte de Osama bin Laden foi festejada por muitos norte-americanos.
Bin Laden foi o responsável pelos ataques às Torres Gémeas, que causaram a morte a cerca de três mil pessoas.
O momento histórico em que Barack Obama anuncia aos EUA e ao mundo a morte de Bin Laden.
A imagem da morte de Bin Laden divulgada pelos EUA.
A imagem de Bin Laden está por todos os mercados no Paquistão.
CNN divulgou vídeos com Bin Laden, de barbas brancas, a assistir a noticiários
No duelo contra o terrorismo, Obama derrotou Osama.
Os nova-iorquinos festejaram em Times Square a morte do inimigo número 1 dos EUA.
O antigo presidente dos EUA, George W. Bush, não foi esquecido na hora de celebrar a morte de Bin Laden.
A 8 de Julho de 2005, Londres era alvo dos atenados da al-Qaeda, que vitimaram dezenas de pessoas.
O momento em que Barack Obama anunciou a morte de Bin Laden foi seguido em todo o mundo.
No total, foram revelados cinco vídeos inéditos de Bin Laden, que surge mais envelhecido
Bin Laden via imagens dele próprio com toda a atenção
Foram muitas as pessoas que se deslocaram até à Casa Branca, em Washington, para celebrar a morte de Bin Laden.
Bin Laden era o inimigo número 1 dos EUA, pelos inúmeros atentados que mataram milhares de norte-americanos.
A morte de Bin Laden representa uma importante vitória para os EUA.
A notícia da morte de Bin Laden foi acompanhada no Paquistão, onde o líder da al-Qaeda foi morto.
Vários vídeos novos mostram líder da al-Qaeda a ensaiar discursos
Nenhum norte-americano ficou indeferente à morte de Bin Laden.
A al-Qaeda, liderada por Bin Laden, foi a responsável pelos atentados de 11 de Março de 2004 em Madrid, que mataram centenas de pessoas.
A morte de Osama bin Laden foi festejada por muitos norte-americanos.
Bin Laden foi o responsável pelos ataques às Torres Gémeas, que causaram a morte a cerca de três mil pessoas.
O momento histórico em que Barack Obama anuncia aos EUA e ao mundo a morte de Bin Laden.
A imagem da morte de Bin Laden divulgada pelos EUA.
A imagem de Bin Laden está por todos os mercados no Paquistão.
CNN divulgou vídeos com Bin Laden, de barbas brancas, a assistir a noticiários
No duelo contra o terrorismo, Obama derrotou Osama.
Os nova-iorquinos festejaram em Times Square a morte do inimigo número 1 dos EUA.
O antigo presidente dos EUA, George W. Bush, não foi esquecido na hora de celebrar a morte de Bin Laden.
A 8 de Julho de 2005, Londres era alvo dos atenados da al-Qaeda, que vitimaram dezenas de pessoas.
O momento em que Barack Obama anunciou a morte de Bin Laden foi seguido em todo o mundo.
No total, foram revelados cinco vídeos inéditos de Bin Laden, que surge mais envelhecido
Bin Laden via imagens dele próprio com toda a atenção
Foram muitas as pessoas que se deslocaram até à Casa Branca, em Washington, para celebrar a morte de Bin Laden.
Bin Laden era o inimigo número 1 dos EUA, pelos inúmeros atentados que mataram milhares de norte-americanos.
A morte de Bin Laden representa uma importante vitória para os EUA.

Em quatro dos vídeos Bin Laden ensaia discursos com mensagens e ameaças que depois surgiam nas televisões e na imprensa de todo o mundo. Não é clara a data em que terão sido filmados. A excepção é o quinto vídeo, que o mostra sentado a ver TV e que se presume tenha sido filmado na casa de Abbottabad em data recente.

O líder da al-Qaeda tinha nessa casa TV por satélite, computador e vários telefones móveis. "Essa casa era um centro de comando e controlo", afirmou, sob anonimato, um responsável da CIA: "Não ha dúvida de que continuava activo no planeamento operacional e que dirigia as decisões tácticas."

O material, considerado a mais importante apreensão alguma vez feita à rede terrorista, indica que Bin Laden comandava as acções da al--Qaeda no Iémen e na Somália.

Os peritos esperam que estes dados revelem o esconderijo de outros líderes terroristas e quem nas chefias do Paquistão apoiou Bin Laden e continua a apoiar a al-Qaeda.

OBAMA COM SOLDADOS QUE FIZERAM RAIDE

O presidente dos EUA, Barack Obama, visitou Fort Campbell, no Kentucky, para conhecer e condecorar o grupo de SEAL que matou Osama bin Laden. Durante o encontro, não foi revelado a Obama quem do grupo fez os disparos fatais sobre Bin Laden. O presidente conheceu igualmente o cão que participou no raide em Abbottabad. Antes, num discurso perante centenas de tropas regressadas do Afeganistão, o presidente prometeu: "Vamos conseguir derrotar a al-Qaeda." n

ZAWAHIRI TERÁ TRAÍDO BIN LADEN

O informador que levou as tropas dos EUA até Osama bin Laden no Paquistão terá sido o próprio nº 2 da al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri. A revelação surge no jornal saudita ‘Al-Watan’, segundo o qual o médico egípcio queria substituir Bin Laden na chefia da al-Qaeda. O jornal diz que foi um aliado de Zawahiri

a levar Bin Laden para Abbottabad, onde foi morto depois de outro homem ao serviço do egípcio conduzir até lá os SEAL.

Osama bin Laden Barack Obama EUA Paquistão terrorismo al-Qaeda vídeos imagens
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)