Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

EUA: Executado por matar negro arrastando-o por uma corda

O norte-americano Lawrence Russell Brewer foi executado esta quarta-feira no Texas (EUA), por ter provocado a morte de um homem negro, num crime com evidente motivação racista.
23 de Setembro de 2011 às 13:51
Lawrence Russell Brewer pertencia a um grupo de defensores da supremacia branca
Lawrence Russell Brewer pertencia a um grupo de defensores da supremacia branca FOTO: Reuters

O indivíduo de 44 anos e dois seus amigos começaram por oferecer boleia a James Byrd Jr., mas depois atacaram-no, ataram-lhe os tornozelos à traseira da pickup e arrastaram-no ao longo de vários quilómetros.

De seguida largaram o que restava do cadáver horrivelmente mutilado da vítima perto de uma igreja. O crime aconteceu na localidade texana de Jasper em 1998. 

A execução realizou-se através do método de injecção letal em Huntsville, no Texas. Os outros homens que participaram no crime estão à espera de conhecer as respectivas penas.

Lawrence Russell Brewer, que foi a 11.ª pessoa a ser executada no Texas e a 34.ª nos EUA em 2011, fazia parte de um grupo defensor da supremacia branca.

Os filhos e a mulher de James Byrd Jr. não estiveram presentes na execução e até confessaram que são contra a pena de morte. 

O senador estadual Rodney Elis disse que a sentença de morte "fechará um capítulo nesta trágica história".

O Texas é o estado mais activo na pena de morte, tendo efectuado mais de um terço das execuções desde que a pena de morte foi reinstalada nos EUA, em 1976, cabendo a cada estado decidir sobre a sua aplicação.

Texas Pena de Morte Crime racista EUA James Byrd Jr. Rodney Elis Lawrence Russell Brewer Injecção letal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)