Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

EUA: Homicida vai ser fuzilado amanhã

Quando o relógio marcar as 00h01 de amanhã no Utah (07h01 em Portugal Continental), Ronnie Lee Gardner tornar-se-á o primeiro condenado à morte nos EUA a ser executado por um esquadrão de fuzilamento nos últimos 14 anos.
17 de Junho de 2010 às 18:20
Ronnie Lee Gardner matou um advogado numa tentativa de fuga
Ronnie Lee Gardner matou um advogado numa tentativa de fuga FOTO: d.r.

Foi o próprio Gardner, condenado à morte por homicídio, que pediu para terminar assim os seus 49 anos de vida, mas à última hora ainda tentou (sem efeito) a comutação da sentença. 

Gardner matou um advogado em 1985, durante uma rocambolesca tentativa de evasão quando estava a ser julgado por outro crime. Uma cúmplice entregou-lhe a arma dentro de um tribunal de Salt Lake City, mas o homem que irá agora ser fuzilado voltou a ser detido pela polícia.

Está previsto que Gardner converse de manhã com um pastor e com quem quiser visitá-lo. Depois de uma última refeição - o último fuzilado pediu uma "pizza com tudo" - será levado para o local da execução, ficando com a cabeça, braços, tronco e pernas atados a uma cadeira metálica preta que já foi usada para o mesmo fim.

A cadeira fica numa plataforma elevada e debaixo de Gardner estará um recipiente destinado a recolher o sangue. Cinco homens armados com espingardas vão formar o pelotão de execução.

O Utah é o único estado norte-americano que prevê o fuzilamento como método de execução de condenados à morte.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)