Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

EUA: Marinheiro punido por pernoitar com colega

Um marinheiro norte-americano de 21 anos foi encontrado no seu quarto, nas instalações da Marinha, perto de Charleston, na Carolina do Sul (EUA), com um colega. A Marinha quer aplicar-lhes uma punição, argumentando que houve uma falta para com o código militar nessa noite de Fevereiro, mas o advogado de defesa diz haver discriminação sexual por detrás das acusações.
6 de Março de 2011 às 18:47
Marinha americana pretende punir jovem por desrespeito para com o dever militar
Marinha americana pretende punir jovem por desrespeito para com o dever militar FOTO: Ho New/Reuters

Stephen C. Jones diz que o que aconteceu foi puramente inocente: outro marinheiro, Brian McGee, dirigiu-se ao seu quarto para ver um episódio da série televisiva 'Diários do Vampiro', acabando ambos por adormecer.

No entanto, os oficiais da Marinha têm outra visão do que sucedeu: Stephen Jones foi acusado de faltar aos deveres militares, sem que se fizesse qualquer insinuação directa à sua orientação sexual, tentando mudá-lo de posto como punição.

"O seu subterfúgio é o facto de acharem que o miúdo é homossexual, mas não têm como prová-lo.", disse Gary Myers, advogado de Jones.

No entanto, Thomas Dougan, porta-voz das instalações da Marinha na Carolina do Sul, nega a acusação, dizendo que ninguém está a ser julgado com base nas suas escolhas sexuais.

McGee, ao contrário de Jones, aceitou o processo disciplinar, sofrendo uma suspensão do vencimento.

Marinha EUA Stephen Jones Brian McGee homossexualidade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)