Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

EUA: Mata marido e filha e passa três dias com cadáveres

Uma norte-americana de 55 anos abateu a tiro o marido e a filha adolescente e ficou na sua casa, em San Diego (EUA), junto aos cadáveres, durante três dias. O duplo homicídio terá ocorrido na quinta-feira, mas só foi revelado no sábado, após apelos insistentes de membros da família para que a polícia arrombasse a porta.
4 de Junho de 2012 às 16:40
Aaliyah terá sido morta a tiro pela mãe, Regina Johnson
Aaliyah terá sido morta a tiro pela mãe, Regina Johnson FOTO: D.R.

Ainda ninguém sabe o que levou Regina Johnson, que irá responder por dois crimes de homicídio em primeiro grau, a matar Reuben, que passou parte dos seus 56 anos na Marinha dos EUA, e Aaliyah, que tinha apenas 14.

Apesar de a família ser considerada "muito unida" por amigos e vizinhos, alguns deles fizeram notar que Regina tinha perddo o emprego recentemente.

"É como se não conseguíssemos acordar de um pesadelo. Há tantas perguntas... Porque é que havia de fazer isto à Aaliyah? Era uma criança", disse Deborah Spinner, irmã e tia das vítimas do crime, a um canal de televisão da cidade californiana.

Homicídio Duplo homicídio Mata a filha Mata o marido EUA Califórnia San Diego
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)