Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

EUA: Morre esmagado por ramo de árvore durante furacão (COM FOTOS)

A passagem do furacão 'Irene' pelo estado da Carolina do Norte, nos EUA, já fez três vítimas mortais.
27 de Agosto de 2011 às 19:03
Agente da polícia tira fotos ao mar agitado em Maryland
Na conhecida Times Square, em Nova Iorque, há quem aproveite o que o furacão trouxe
No meio da ameaça, há também tempo para a brincadeira: uma loja escreve no exterior 'Goodnight Irene!' ('Boa noite Irene!')
Turista hospedado no hotel Holiday Inn, em Wrightsville Beach, observa a forte ondulação
A diversão também teve lugar, no meio da tragédia registada em outros estados
No bairro de Hoboken, em Nova Jérsia, a tempestade não impediu que a população saísse à rua
Na cidade de Morehead, a marina ficou totalmente inundada
Vigilante observa a tempestade em Loch Harbor, Nova Jérsia
Manhattan vista de Nova Jérsia, no aproximar do furacão
Em Montauk, Nova Iorque, os surfistas tiraram partidos da ondulação causada pelo mar agitado
Os ventos chegaram a atingir os 140 km/h
Shaw, de 9 anos, e amiga, Broadfoot, de 7, mantiveram-se abraçadas durante a tempestade causada pelo furacão Irene, num praia da Carolina do Norte
A força do furacão era previsível, sendo que as autoridades e o próprio presidente Barack Obama apelaram ao cuidado das populações
Mulher atravessa uma rua, contrariando os conselhos das autoridades
O Cabo Hatteras National Seashore, em Rodanthe, foi também fortemente atingido
Na pequena cidade de Kitty Hawk, uma moradora não desistiu de fazer o seu jogging matinal, mesmo com a passagem do furacão
Agente da polícia tira fotos ao mar agitado em Maryland
Na conhecida Times Square, em Nova Iorque, há quem aproveite o que o furacão trouxe
No meio da ameaça, há também tempo para a brincadeira: uma loja escreve no exterior 'Goodnight Irene!' ('Boa noite Irene!')
Turista hospedado no hotel Holiday Inn, em Wrightsville Beach, observa a forte ondulação
A diversão também teve lugar, no meio da tragédia registada em outros estados
No bairro de Hoboken, em Nova Jérsia, a tempestade não impediu que a população saísse à rua
Na cidade de Morehead, a marina ficou totalmente inundada
Vigilante observa a tempestade em Loch Harbor, Nova Jérsia
Manhattan vista de Nova Jérsia, no aproximar do furacão
Em Montauk, Nova Iorque, os surfistas tiraram partidos da ondulação causada pelo mar agitado
Os ventos chegaram a atingir os 140 km/h
Shaw, de 9 anos, e amiga, Broadfoot, de 7, mantiveram-se abraçadas durante a tempestade causada pelo furacão Irene, num praia da Carolina do Norte
A força do furacão era previsível, sendo que as autoridades e o próprio presidente Barack Obama apelaram ao cuidado das populações
Mulher atravessa uma rua, contrariando os conselhos das autoridades
O Cabo Hatteras National Seashore, em Rodanthe, foi também fortemente atingido
Na pequena cidade de Kitty Hawk, uma moradora não desistiu de fazer o seu jogging matinal, mesmo com a passagem do furacão
Agente da polícia tira fotos ao mar agitado em Maryland
Na conhecida Times Square, em Nova Iorque, há quem aproveite o que o furacão trouxe
No meio da ameaça, há também tempo para a brincadeira: uma loja escreve no exterior 'Goodnight Irene!' ('Boa noite Irene!')
Turista hospedado no hotel Holiday Inn, em Wrightsville Beach, observa a forte ondulação
A diversão também teve lugar, no meio da tragédia registada em outros estados
No bairro de Hoboken, em Nova Jérsia, a tempestade não impediu que a população saísse à rua
Na cidade de Morehead, a marina ficou totalmente inundada
Vigilante observa a tempestade em Loch Harbor, Nova Jérsia
Manhattan vista de Nova Jérsia, no aproximar do furacão
Em Montauk, Nova Iorque, os surfistas tiraram partidos da ondulação causada pelo mar agitado
Os ventos chegaram a atingir os 140 km/h
Shaw, de 9 anos, e amiga, Broadfoot, de 7, mantiveram-se abraçadas durante a tempestade causada pelo furacão Irene, num praia da Carolina do Norte
A força do furacão era previsível, sendo que as autoridades e o próprio presidente Barack Obama apelaram ao cuidado das populações
Mulher atravessa uma rua, contrariando os conselhos das autoridades
O Cabo Hatteras National Seashore, em Rodanthe, foi também fortemente atingido
Na pequena cidade de Kitty Hawk, uma moradora não desistiu de fazer o seu jogging matinal, mesmo com a passagem do furacão

A primeira trata-se de um homem que ignorou os conselhos das autoridades e andava no exterior da sua casa, quando um ramo de uma árvore de grande porte, arrancado pela força do vento, lhe caiu em cima. 

As autoridades informaram ainda que mais dois homens perderam a vida. Um de ataque cardíaco enquanto protegia a sua casa e outro de acidente de viação causado pela fraca visibilidade.

De acordo com a 'NBC', um quarto homem encontra-se desaparecido, após ter caído ao mar.

A tempestade começou a atingir o estado norte-americano por volta das 11h00 (hora de Lisboa) e fez com que mais de 200 mil pessoas ficassem sem electricidade.

furacão irene huricane carolina do norte eua ventos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)