Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

EUA NEGAM CAPTURA DE ADJUNTO DE SADDAM

As forças militares norte-americanas lançaram, na madrugada desta terça-feira, uma operação de captura de Ezzat Ibrahim al Douri, o antigo número dois do regime do deposto presidente do Iraque, Saddam Hussein. Os EUA já informaram que o braço direito do ex-ditador não foi capturado, ao contrário daquilo que tinha sido adiantado.
2 de Dezembro de 2003 às 17:00
Segundo a estação de televisão Al Jazira, a operação decorreu em Kirkuk, na região Norte do Iraque, e Ibrahim, considerado pelos EUA como um dos principais responsáveis pelas guerrilhas de resistência iraquianas, terá sido “capturado ou morto”. O canal televisivo do Qatar noticiou ainda que o governo dos EUA ofereceu uma recompensa de dez milhões de dólares por qualquer informação que levasse à detenção de Ibrahim.
Ezzat Ibrahim foi o braço direito de Saddam Hussein e estava encarregado de representar o Iraque em cimeiras e reuniões internacionais, destacando-se por manter a postura firme do regime. Esta operação de busca segue-se depois de, na passada semana, forças norte-americanas terem detido a mulher e a filha de Ibrahim, em samarra, a cerca de 140 quilómetros de Bagdad.
EUA NEGAM CAPUTURA
Responsáveis militares norte-americanos já vieram negar a noticia da estação de TV árabe acrescentando que Al Douri não foi capturado.
Ainda se desconhece se a forte ofensiva levada a cabo pelos norte-americanos na cidade de Kirkuk levou à morte do braço direito de Saddam.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)