Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

EUA: Obama dá direitos a gays nos hospitais

Os casais homossexuais dos EUA vão passar a ter os mesmos direitos de visita e acompanhamento nos hospitais norte-americanos do que os heterossexuais na sequência de um memorando que o presidente Barack Obama enviou na quinta-feira ao Departamento de Saúde.
16 de Abril de 2010 às 17:55
Decisão de Obama foi criticada por organizações conservadoras
Decisão de Obama foi criticada por organizações conservadoras FOTO: d.r.

Nesse documento, Obama lembra que os gays e lésbicas são "muitas vezes afastados de companheiros com quem passaram décadas de vida, impedidos de apoiar aqueles que amam". 

As novas regras aplicam-se a quase todos os hospitais norte-americanos, visto que terão de ser seguidas por quem receber verbas dos programas Medicare e Medicaid.

Alguns estados norte-americanos seguem esta prática, mas o memorando de Obama encontrou de imediato resistência de organizações conservadoras. O Conselho para a Pesquisa Familiar acusou o presidente norte-americano de ceder a organizações radicais e de "minar a definição de casamento".

Ver comentários