Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

EUA e monarquias do Golfo unidos "para destruir" Daesh

Garantia de Barack Obama.
21 de Abril de 2016 às 16:37
Barack Obama, presidente dos Estados Unidos
Barack Obama, presidente dos Estados Unidos FOTO: Reuters
O presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou esta quinta-feira em Riade que os Estados Unidos e as monarquias do Golfo estão unidos no combate pela destruição do grupo extremista Daesh.

"Estamos unidos no nosso combate para destruir o EI que é uma ameaça para todos nós", disse Obama no final de uma cimeira do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG - Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Omã e Qatar).

Obama denunciou mais uma vez as "atividades desestabilizadoras" do Irão, rival xiita dos reinos sunitas do Golfo, mas também apelou ao diálogo, sublinhando que "nenhum país" tem interesse num conflito com Teerão.

O presidente norte-americano disse esperar que o Irão "desempenhe um papel responsável na região", que tome "medidas concretas para construir a confiança", que "resolva os seus diferendos com os vizinhos através de meios pacíficos" e que aja em conformidade "com as leis e normas internacionais".

"Continuaremos atentos para assegurar que o Irão cumpre as suas obrigações" ao nível do nuclear no quadro do acordo internacional de 2015, afirmou Obama.

Tréguas no Iémen
A propósito da Síria, observou que a cessação das hostilidades está "sob enorme pressão" devido a "contínuas violações" por parte do regime de Damasco.

Também apelou a todas as partes no conflito no Iémen para respeitarem as tréguas, patrocinadas pela ONU e em vigor desde 11 de abril, para que a ajuda humanitária possa ser distribuída e as negociações possam começar.

O presidente dos Estados Unidos anunciou ainda o lançamento de um diálogo de alto nível com as monarquias do Golfo, centrado "no ajustamento" dos preços do petróleo que têm estado a descer.

A iniciativa visará igualmente "reforçar os laços económicos" para ajudar os países da região a "oferecerem empregos e oportunidades" aos seus cidadãos, em particular aos jovens, adiantou Obama.
EUA Barack Obama Riade Conselho de Cooperação do Golfo CCG política distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)