Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Eurodeputado do Syriza critica acordo

Apelo à mobilização dos simpatizantes do partido.
22 de Fevereiro de 2015 às 16:05
Manolis Glezos, aqui com Tsipras, criticou duramente o acordo conseguido
Manolis Glezos, aqui com Tsipras, criticou duramente o acordo conseguido FOTO: Orestis Panagiotou/EPA

O eurodeputado grego do Syriza Manolis Glezos criticou este domingo o acordo que foi alcançado entre o Governo helénico e os parceiros europeus, apelando à mobilização dos simpatizantes do partido para manifestarem a sua posição acerca do mesmo.

"A mudança do nome da 'troika' para 'instituições', do 'memorando' por 'acordo' e dos 'credores' por 'parceiros' não altera nada a realidade anterior", assinalou Glezos num artigo publicado num 'blog', noticiou a agência de notícias espanhola EFE.

Manolis Glezos pediu a "todos os membros e simpatizantes" do Governo de coligação encabeçado pelo Syriza que decidam "em reuniões extraordinárias a todos os níveis da organização" se aceitam a decisão do executivo de Alexis Tsipras.

O emblemático político esquerdista sublinhou que já passou um mês desde as eleições, mas ainda não foi cumprida a promessa do Syriza de "abolir a 'troika' e o programa de resgate".

No seu artigo, Glezos pede desculpa aos eleitores gregos por tê-los feito "participar na ilusão" durante a campanha eleitoral de ter um Governo de esquerda, pedindo-lhes uma reação "antes que seja demasiado tarde".

Segundo a EFE, fontes governamentais reagiram às críticas apontando para o decorrer das negociações com os países da zona euro, afirmando que Glezos "não faz ideia das duras negociações" com os parceiros europeus.

Syriza Manolis Glezos Governo Grécia
Ver comentários