Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

EUROPEUS MORTOS NAS FILIPINAS

Três europeus e uma filipina foram esfaqueados até à morte na ilha de Boracay, o mais importante destino turístico das Filipinas. A Polícia afirma que o móbil do crime foi o roubo e afasta qualquer ligação com actos terroristas.
5 de Maio de 2004 às 00:00
Os corpos foram encontrados na segunda-feira na casa de uma das vítimas, um alemão de 69 anos que residia na ilha há vários anos. As outras vítimas foram um suíço, um britânico e uma filipina, que trabalhava como criada na casa.
Segundo a Polícia, os crimes terão ocorrido no fim-de-semana, tendo as vítimas sido repetidamente esfaqueadas. Duas facas ensaguentadas foram encontradas na cozinha. As autoridades suspeitam que o roubo tenha sido o móbil do crime, já que a casa foi revirada de alto a baixo.
Vinte e cinco filipinos que tinham sido contratados pelo dono da casa para construir uma piscina estão a ser interrogados, uma vez que eram os únicos que tinham acesso à propriedade.
O crime surge numa altura delicada para o turismo filipino, que começava finalmente a recuperar da recessão provocada pelos ataques do Abu Sayyaf.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)