Ex-fuzileiro provoca massacre na América

Armado com uma pistola Glock, Ian Long disparou ao acaso sobre estudantes.
Por Francisco J. Gonçalves|09.11.18
Um novo massacre nos EUA custou a vida a 12 pessoas num bar da Califórnia. Menos de duas semanas após o ataque racista que vitimou 11 pessoas numa sinagoga de Pittsburgh, o antigo fuzileiro Ian David Long, de 28 anos, entrou na madrugada de quarta- -feira no Borderline Bar and Grill, em Thousand Oaks (a cerca de 65 km de San Francisco), e abriu fogo de forma indiscriminada com uma pistola Glock.

De acordo com testemunhas, o atirador, vestido de negro e com o rosto tapado, começou por disparar sobre o porteiro e feriu depois uma empregada de caixa, disparando de seguida sobre grupos de estudantes que lotavam o bar.

Conheça ao pormenor tudo o que aconteceu no massacre da Califórnia
Cerca de três minutos depois, quando polícias de trânsito chegaram ao local, Long disparou sobre eles, matando Ron Helus e suicidou-se com um tiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!