Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Ex-padre francês julgado por abusar de 80 crianças

Bernard Preynat abusou de menores durante duas décadas.
Rodrigo Amaral 15 de Janeiro de 2020 às 08:54
Bernard Preynat admitiu ser “doente” e “ter um problema com crianças”
Bernard Preynat admitiu ser “doente” e “ter um problema com crianças” FOTO: Direitos Reservados
O antigo padre francês Bernard Preynat, de 74 anos, começou esta terça-feira a ser julgado por ter abusado de mais de 80 menores durante duas décadas, num caso que já levou ao afastamento e condenação do antigo cardeal de Lyon, Philippe Barbarin, por encobrimento.

Embora muitas das acusações já tenham prescrito, nove das vítimas aceitaram enfrentar Preynat em tribunal, quase 40 anos depois dos abusos. Se for condenado, o antigo sacerdote poderá enfrentar até 10 anos de prisão. "Reconheço os factos. Naquela época, não compreendi a sua seriedade", confessou Preynat aos investigadores, admitindo que terá abusado de "quatro ou cinco crianças por semana".

Algumas das vítimas acusaram a Igreja de encobrir as denúncias, permitindo que o ex-sacerdote, mesmo depois de admitir "ser doente" e de ter "um problema com crianças", permanecesse nas suas funções na diocese de Lyon.

Em março do ano passado, o cardeal de Lyon, Philippe Barbarin, foi condenado a seis meses de pena suspensa por não ter denunciado o caso de Preynat às autoridades. Na altura, Barbarin decidiu afastar-se das suas funções apesar de o Papa Francisco ter recusado aceitar a sua renúncia alegando o direito à presunção de inocência, uma vez que o caso ainda está em recurso.
Ex-padre Bernard Preynat Lyon Philippe Barbarin crime lei e justiça crime julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)