Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Ex-presidente Clinton operado com êxito

O ex-presidente dos EUA Bill Clinton foi ontem operado com sucesso para remoção de tecido de uma cicatriz e para retirar fluidos em acumulação no peito. Segundo fontes do hospital Presbiteriano da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, tratou-se de uma cirurgia de baixo risco, que raramente é necessária após uma operação de ‘bypass’ quádruplo como aquela a que Clinton foi submetido no ano passado.
11 de Março de 2005 às 00:00
Clinton foi submetido a nova intervenção cirúrgica, que correu bem
Clinton foi submetido a nova intervenção cirúrgica, que correu bem FOTO: Mike Theiler/Epa
Espera-se agora que o antigo presidente passe entre três e 10 dias hospitalizado, devendo ter uma recuperação completa findo esse período.
O dr. Craig Smith, chefe da divisão de cirurgia cardiotoráxica do hospital, afirmou que em cerca de seis mil casos de cirurgia para colocação de ‘bypass’ semelhante à de Clinton houve menos de dez casos que necessitaram de uma cirurgia de seguimento. “Este é um resultado muito pouco comum para um processo muito comum”, afirmou Smith antes da operação.
COMPRESSÃO NO PULMÃO
Clinton tem sofrido de um problema no qual o tecido da cicatriz da primeira cirurgia causou uma acumulação de fluidos no peito, causando uma compressão no seu pulmão esquerdo. O objectivo da operação era, por isso, remover o tecido da cicatriz e drenar o fluido acumulado.
“Esta anomalia causou algum desconforto ao presidente nas últimas semanas, mas para lá disso tem estado de muito boa saúde, tendo recentemente passado com distinção um teste de esforço”, afirmava na terça-feira uma declaração oficial do gabinete do ex-presidente, que regressou recentemente de uma visita ao Sudeste asiático, devastado pelo maremoto de Dezembro do ano passado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)