Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Ex-presidente ucraniano interrogado

O ex-presidente ucraniano Leonid Kutchma foi esta quinta-feira interrogado na qualidade de testemunha no caso do assassínio do jornalista da oposição Gueorgui Gongadzé, em 2000, informou o porta- voz do Ministério Público Viatcheslav Astapov.
10 de Março de 2005 às 17:53
"Kutchma foi ouvido esta manhã pelos investigadores do Ministério Público na qualidade de testemunha no processo Gongadzé", disse Astapov, escusando-se, no entanto, a precisar quanto tempo durou o interrogatório e se Kutchma voltará a ser convocado.
O ex-presidente ucraniano, acusado de envolvimento no caso Gongadzé pela oposição actualmente no poder, regressou sábado à Ucrânia, um dia após a morte do seu ex-ministro do Interior Iuri Kravtchenko, testemunha chave neste processo e que devia ter sido interrogado no mesmo dia pelo Ministério Público.
Antes de regressar a Kiev, o antigo presidente disse saber que seria convocado pelo Ministério Público e mostrou-se disponível para testemunhar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)