Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

"Exijo clareza sobre a morte do meu filho", diz mãe de recém-nascido que morreu sufocado em hospital

Mulher adormeceu a dar de mamar ao bebé, que acabou sufocado pelo peso da mãe.
Correio da Manhã 26 de Janeiro de 2023 às 14:14
Bebé
Bebé FOTO: Getty Images

"Ainda estou a tentar ultrapassar o que passei naqueles dias. Exijo clareza sobre a morte do meu filho", garante a mãe do recém-nascido que morreu sufocado na segunda semana de janeiro no hospital Sandro Pertini, em Roma, Itália.

O menino foi amamentado pela mãe, que acabou por adormecer e sufocar o filho com o peso do próprio corpo. O pai da criança contou ao El Mundo que a mulher passou por um parto de 17 horas e que dois dias após o nascimento do bebé acabou por ceder ao cansaço.

"A minha companheira não conseguia ficar em pé, mas eles a obrigaram-na a cuidar do bebé", disse o homem

A mãe da criança garante que foi acordada a meio da noite na maternidade pelas enfermeiras e que o filho não se encontrava na cama nesse momento. A mulher, de 30 anos, foi levada para outro quarto, onde foi informada de que o filho tinha morrido. "Não me lembro se um psicólogo esteve presente, nem que me tenham dado uma explicação mais aprofundada. Tudo desabou em mim", explicou a mulher.

De acordo com o jornal italiano Corriere Della Sera, o bebé nasceu durante a noite de sete para oito de janeiro e pesava mais de três quilos. Nas noites seguintes, a mãe, que estava muito cansada, pediu às enfermeiras para que o bebé fosse levado para o berçário para conseguir descansar. "Pedi ajuda às enfermeiras. No entanto, sempre me disseram que não era possível levá-lo", contou.

Não entendo como isto pode ter acontecido. Pedi ajuda por três noites consecutivas ao pessoal do serviço onde estive internada e não me ouviram. Agora exijo justiça", garante a mulher.

O hospital está já a ser investigado e a família da criança acredita que tudo podia ter sido evitado, se a mulher tivesse recebido mais assistência dos profissionais de saúde.

Itália Sandro Pertini Roma morte bebé recém-nascido
Ver comentários
C-Studio