Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Explosão de botijas de gás mata no Paquistão

Pelo menos 16 pessoas morreram e cerca de uma dezena de outras ficou ferida em resultado das explosões de várias botijas de gás ocorrida esta terça-feira na cidade de Lahore, na região oriental do Paquistão.
3 de Maio de 2005 às 09:25
De acordo com fontes policiais, as explosões destruíram três edifícios, sob os escombros dos quais ficaram as vítimas. Até ao momento, as equipas de socorro já resgataram os corpos de 14 vítimas, sendo que dois feridos graves acabaram por morrer no hospital.
Segundo testemunhos de residentes, pelo menos 40 pessoas viviam nos edifícios destruídos, pelo que as autoridades temem que o número de vítimas possa vir a aumentar, até porque há outros feridos em estado considerado muito grave.
Ao que tudo indica, uma botija de gás em chamas causou a primeira explosão, que desencadeou a detonação de várias outras botijas armazenadas num depósito, levando ao colapso dos edifícios. As autoridades já puseram de lado a hipótese de ter-se tratado de um acto de sabotagem.
Um residente afirmou aos jornalistas que se queixou repetidamente às autoridades locais sobre a ameaça que constituía o armazenamento de botijas de gás no local, mas que estas nada fizeram.
O armazenamento de botijas de gás e estações de enchimento estão espalhadas por muitos bairros residenciais de Lahore, capital da província do Punjab, muitas das quais sem medidas de segurança adequadas e sem serem alvo de acções de fiscalização.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)