Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Extremista Alex Jones condenado a pagar indemnização de quatro milhões de euros a pais de crianças mortas no tiroteio de Sandy Hook

Norte-americano tinha afirmado que o massacre não passava de uma encenação dirigida pelos opositores das armas de fogo.
Correio da Manhã e Lusa 4 de Agosto de 2022 às 22:51
Alex Jones
Alex Jones FOTO: Reuters
O divulgador de teorias da conspiração de extrema-direita Alex Jones, foi condenado a pagar uma indemnização de quatro milhões de euros à família do menino de seis anos morta durante o tiroteio na escola primária Sandy Hook, em 2012.

O norte-americano tinha declarado que a sua empresa, Infowars, estava na falência para tentar suspender os procedimentos nos tribunais civis durante um período de tempo para preparar os planos de recuperação das empresas envolvidas, que podem continuar a operar.

"Alex Jones quer atrasar o inevitável: um processo público no qual vai ser responsabilizado pela sua campanha de mentiras, motivada pelo lucro, contra as famílias da Sandy Hook que o processaram", reagiu Chris Mattei, advogado de cinco famílias de vítimas e de um agente da polícia federal (FBI, na sigla em Inglês) que apresentaram queixa contra Alex Jones junto de um tribunal de Waterbury, no Estado de Connecticut.

Figura conhecida da extrema-direita e divulgador de várias teorias de conspiração, o fundador da Infowars está processado, desde há anos, por pais de vítimas da matança na escola de Sandy Hook, em Newton, no Connecticut, que tinha chocado os EUA por ter afirmado que o massacre não passava de uma encenação dirigida pelos opositores das armas de fogo.

A matança tinha então causado 26 mortos, entre os quais 20 crianças e seis adultos, em 2012.

Com 48 anos, Alex Jones foi condenado a pagar a indemnização milionária pelos tribunais dos Estados do Texas e do Connecticut, onde já tinha sofrido várias derrotas judiciais.

A declaração de falência, feita junto de um tribunal de falências no Texas, envolve também as sociedades Infowars Health e Prison Planet TV, ambas de Alex Jones.

Apoiante de Donald Trump, esteve presente na manifestação de 6 de janeiro em 2021, em Washington, que originou o assalto violento ao Capitólio pelos apoiantes do antigo presidente republicano.

Ver comentários