Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Falso alerta causa pânico no Egito

Bombas no metro eram falsas.
19 de Setembro de 2013 às 10:36
Autoridades egípcias interromperam a circulação em várias linhas do metro do Cairo
Autoridades egípcias interromperam a circulação em várias linhas do metro do Cairo FOTO: Getty Images/omer sukru goksu

As duas alegadas bombas colocadas, esta quinta-feira, no Metro do Cairo, que levaram à suspensão temporária da circulação em várias linhas do metropolitano da capital egípcia, eram falsas, disse fonte do Ministério do Interior à AFP.

Os dois engenhos encontrados junto aos carris numa estação do sul da capital tinham a aparência de bombas "mas não continham explosivos", disse a fonte.

Esta situação ocorreu no mesmo dia em que as forças de segurança estão a tentar assumir o controlo da localidade de Kerdasa, próxima do Cairo, que tem estado sob o domínio de grupos islamitas.

Segundo fontes dos serviços de segurança citados pela EFE, 48 pessoas foram detidas até ao momento, no curso da operação iniciada na madrugada de hoje.

A fonte adiantou que a polícia e o exército assumiram já o controlo das principais ruas da cidade, existindo ainda bolsas de resistência armada em alguns locais.

Entre os 48 detidos estão os três principais acusados pelo ataque contra a esquadra de Kerdasa no passado dia 14 de agosto, no qual morreram uma dezena de agentes policiais, noticiou a televisão estatal.

Cairo metro bombas estação autoridades explosivos Egito
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)