Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Polícia mata mulher e dois filhos a tiro em estação de França

Homicida acabou por se suicidar. Terá cometido o crime por não aceitar o divórcio.
Lusa 10 de Setembro de 2017 às 13:35
Local do crime
Local do crime FOTO: Direitos Reservados

Uma mulher e os seus dois filhos, de 3 e 5 anos, foram este domingo mortos a tiro, a norte de Paris, por um homem que depois se suicidou. O agressor seria o pai das crianças, informaram media locais.

O tiroteio ocorreu cerca das 11h30 locais (10h30 em Lisboa) na plataforma da estação ferroviária de Noyon, quando as vítimas tentavam fugir com a ajuda de um amigo da família, segundo o jornal Le Parisien.

Segundo os media franceses, o atirador será um polícia que prestava serviço na capital francesa. A sua conduta terá sido motivada pelo facto de não aceitar que o divórcio, que a mulher lhe terá pedido recentemente.

As autoridades afastam a hipótese de um atentado terrorista e isolaram a estação daquela localidade de cerca de 13 mil habitantes.

França tiroteio crianças mortos feridos comboio estação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)