Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Férias trágicas

Quatro crianças britânicas ficaram órfãs depois de os seus pais terem ‘mergulhado’ para a morte, de varandas de dois edifícios da cidade portuária de Essaouira, em Marrocos, onde passavam férias com os filhos.
27 de Agosto de 2011 às 00:30
O casal gozava férias num resort da cidade de Essaouira
O casal gozava férias num resort da cidade de Essaouira FOTO: direitos reservados

O drama que devastou a abastada família começou na quarta--feira da semana passada, quando Mathilde Lamb, conhecida como Tilly, de 44 anos, caiu, em circunstâncias ainda desconhecidas, do 3º andar de uma casa de férias arrendada no centro da cidade. Ainda foi transportada para o hospital, onde permaneceu nos Cuidados Intensivos, mas sucumbiu aos ferimentos três dias depois.

A polícia investiga. No dia seguinte, não aguentando a trágica morte da mulher, Roger Lamb, um engenheiro geotécnico, de 47 anos, que ajudava desde o ano passado na reconstrução da cidade neozelandesa de Christchurch, abalada por um sismo, atirou-se do 2º andar do Hotel Sofitel, de cinco estrelas, situado nas imediações da casa onde a mulher encontrou a morte.

Após ser hospitalizado e, depois, transferido para Marraquexe, morreu ao final do dia.Os filhos, com idades entre os 9 e os 16 anos, regressaram com um familiar ao Reino Unido, onde estão aos cuidados de uma tia, irmã da malograda Tilly.

MARROCOS MORTE FÉRIAS TRAGÉDIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)