Fernando Haddad condenado por chamar "charlatão" a Edir Macedo

Ex-candidato à presidência do Brasil obrigado a pagar mais de 17 mil euros por acusações difamatórias.
Por Lusa|18.12.18
O ex-candidato à presidência do Brasil derrotado por Jair Bolsonaro foi condenado a pagar mais de 17 mil euros por ter chamado "charlatão" ao bispo de IURD Edir Macedo durante o segundo turno da disputa eleitoral contra o presidente eleito. 

Fernando Haddad afirma que pretende recorrer da decisão deo juiz Marco Antonio Botto Muscari. No dia 12 de outubro, depois de participar numa missa em São Paulo, o político do Partido Trabalhista disse, em conferência de imprensa, que Macedo fazia parte do projeto político de Bolsonaro.

O político disse ainda que o que estaria por trás da aliança entre Bolsonado e o líder da Igresa Universal era "fome de dinheiro". 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!