Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Ferry naufraga com 845 a bordo

Um ferry-boat com 845 pessoas a bordo naufragou ontem nas Filipinas durante a passagem do tufão ‘Fengshen’, receando-se que a maior parte dos passageiros tenha morrido. Pelo menos 229 pessoas morreram noutros pontos do arquipélago devido à tempestade, que fustigou o país com chuvas torrenciais e ventos na ordem dos 200 quilómetros por hora, deixando um rasto de destruição.

23 de Junho de 2008 às 00:30
O desespero dos familiares dos passageiros do ferry que afundou ao largo da ilha de Sibuyan
O desespero dos familiares dos passageiros do ferry que afundou ao largo da ilha de Sibuyan FOTO: Joseph Agcaoili, Reuters

A embarcação naufragou ao largo da ilha de Sibuyan (província de Romblon), devido às enormes vagas provocadas pelo devastador tufão. "Muitos de nós saltámos. As ondas eram gigantescas e as chuvas torrenciais", recorda um sobrevivente, identificado apenas como Jesse. "Houve apenas um aviso, através de um megafone, cerca de meia hora antes de o navio ter começado a afundar, o que aconteceu imediatamente após eu ter saltado. Os idosos foram abandonados no navio", acrescenta.

Até ao fim do dia de ontem apenas tinham sido encontrados quatro sobreviventes e igual número de cadáveres dos ocupantes do ferry, em que seguiam 724 passageiros – entre eles vinte crianças e 33 bebés – e 121 tripulantes. "Esperamos que mais pessoas tenham conseguido alcançar a costa", afirmou o responsável da guarda costeira filipina, vice-almirante Wilfredo Tamayo.

A passagem do tufão ‘Fengshen’ atingiu fortemente a província de Iloilo, onde pelo menos 101 pessoas morreram. O gabinete da Protecção Civil registou ainda 26 mortos na ilha de Mindanao. Também há registo de mortes nas regiões de Romblon, Cotabato, Antique e Capiz. Mais de trinta mil pessoas foram alojadas em vários centros de evacuação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)