Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona

Mulher de 53 anos bebeu mais de doze garrafas de água durante a corrida.
12 de Maio de 2018 às 11:14
Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona
Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona
Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona
Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona
Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona
Fica entre a vida e a morte após beber muita água durante maratona
Uma mulher ficou a lutar pela vida após beber muita água durante a Maratona de Londres. Johanna Pakenham, de 53 anos, ficou em coma após ingerir mais de uma dúzia de garrafas de água para combater o calor que se fez sentir no mês passado na capital inglesa.

A britãnica garante não ter memória de alcançar a meta e de ser levada de emergência para o hospital após sofrer uma convulsão, já em casa. Johanna entrou em coma com um estado de hiponatremia (transtorno metabólico normalmente causado por uma baixa quantidade de sódio no sangue), causado pelo consumo excessivo de água.

"Adoro correr e já participei em quatro maratonas. Eu lembro-me de começar a corrida mas a metade do percurso tenho muitas quebras de memória. Eu recordo-me da voz do meu pai na minha cabeça a dizer-me para eu me hidratar, mas à medida que bebia água ia ficando cada vez pior", recorda a mulher em declrações ao jornal The Sun.

Johanna completou a maratona - a mais quente dos últimos anos na cidade, com os termómetros a rondar os 23ºC - em seis horas e 35 minutos.

A mulher acordou do coma passados três dias e encontra-se a recuperar em casa. Apesar do susto, os médicos disseram que ela poderia voltar a correr em breve.
Maratona de Londres 23ºC Johanna Pakenham The Sun desporto política saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)