Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Fim proibição de doação de sangue por homossexuais masculinos

Homossexuais masculinos estão proibidos de doar sangue há 31 anos.
23 de Dezembro de 2014 às 20:48
Colheita de sangue
Colheita de sangue FOTO: CMTV

A agência norte-americana de medicamentos (FDA) disse esta terça-feira que pretende alterar a proibição da doação de sangue por homossexuais masculinos, permitindo que o façam após abstinência de atividades sexuais durante um ano. 

A Food and Drug Administration (FDA) precisou que a decisão reside nas conclusões de recentes dados científicos relacionados com a política de doação para homossexuais masculinos, e nas recomendações de comités consultivos de peritos independentes do ministério da Saúde da própria Agência, em colaboração com outras agências federais. "A FDA vai tomar as medidas necessárias para recomendar uma alteração na proibição atual para homens que tiveram relações com outros homens em doar o seu sangue, caso o seu último relatório tenha o prazo de um ano", indicou em comunicado a diretora do FDA, Margaret Hamburg.

A proibição que impede os homossexuais norte-americanos de doarem sangue durante toda a sua vida remonta há 31 anos, numa época em que a epidemia do Sida estava no auge e quando a medicina ainda possuía poucas informações sobre o vírus de imunodeficiência humana (VIH). 

homossexuais doação sangue
Ver comentários