Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Finge gravidez para ficar com bebé de adolescente que matou

Suspeita tirou feto do útero da jovem com uma faca.
Natacha Nunes Costa 14 de Outubro de 2016 às 16:11
Valíssia Fernandes de Jesus, adolescente grávida morta
A suspeita fingiu gravidez nas redes sociais e a familiares
Valíssia Fernandes de Jesus, adolescente grávida morta
A suspeita fingiu gravidez nas redes sociais e a familiares
Valíssia Fernandes de Jesus, adolescente grávida morta
A suspeita fingiu gravidez nas redes sociais e a familiares

As autoridades brasileiras acreditam que a suspeita de matar a adolescente Valíssia Fernandes de Jesus, grávida de oito meses, premeditou o crime e tinha como intenção ficar com o bebé da jovem.

Mirian Siqueira, de 25 anos, fugiu depois de matar Valíssia, de 15, à facada e abrir o abdómen da jovem retirando o útero e o feto. A suspeita ainda não foi localizada.

De acordo com o site brasileiro Globo, o delegado Maurício Furtado Nucci, garante que a hipótese mais provável é que Mirian tenha uma gravidez psicológica e quisesse ficar com o bebé da vítima, visto que, partilhou nas redes sociais e com familiares que estava grávida apesar de ser mentira.

Mirian responderá por homicídio qualificado e por aborto sem consentimento da mãe.

Mirian Siqueira, de 25 anos, fugiu depois de matar Valíssia Fernandes de Jesus, de 15, à facada e abrir o abdómen da jovem retirando o útero e o feto. A suspeita ainda não foi localizada.

De acordo com o site brasileiro Globo, o delegado Maurício Furtado Nucci, garante que a hipótese mais provável é que Mirian tenha uma gravidez psicológica e quisesse ficar com o bebé da vítima.

Mirian responderá por homicídio qualificado e por aborto sem consentimento da mãe.

Brasil crime. homicídio gravidez feto adolescente
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)