Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

FMI defende ajustamentos nos países árabes

Devido à descida do petróleo.
8 de Novembro de 2015 às 16:15
Christine Lagarde realçou que os países não podem depender unicamente do petróleo e do gás
Christine Lagarde realçou que os países não podem depender unicamente do petróleo e do gás FOTO: Reuters

A diretora geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) apelou este domingo aos países árabes do Golfo para que façam ajustamentos orçamentais, perante a descida do preço do petróleo, a qual prevê se prolongue durante anos.


Em declarações aos jornalistas depois do encontro com ministros e responsáveis do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) - Árabia Saudita, Bahrein, Emiratos Árabes Unidos, Koweit, Oman e Qatar -, Christine Lagarde realçou que estes países não podem depender unicamente do petróleo e do gás.


Recordou que o FMI prevê um abrandamento do crescimento dos seis países para 2,7% em 2016 contra 3,2% este ano.

Segundo a diretora geral do FMI, as receitas destes países vão descer 275 mil milhões de dólares (cerca de 256 mil milhões de euros) este ano em relação a 2014, devido à quebra no preço do petróleo.


"Pensamos que o preço do petróleo vai manter-se no nível atual durante anos e, por consequência, os países do CCG deverão proceder a ajustamentos orçamentais" defendeu.

Fundo Monetário Internacional Conselho de Cooperação do Golfo Árabia Saudita
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)