Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Força aérea sul-coreana perde dois aviões

Dois aviões de combate da Força Aérea da Coreia do Sul (ROKAF) despenharam-se no mar num espaço de oito minutos.
14 de Julho de 2005 às 12:41
Força aérea sul-coreana perde dois aviões
Força aérea sul-coreana perde dois aviões FOTO: d.r.
Cada avião tinha dois tripulantes. Primeiro despenhou-se um 'caça' F-4E, nas águas a sul da Península da Coreia. Oito minutos depois caiu um 'caça' F-5F, a oeste da península.
Os incidentes ocorreram ontem à noite, em locais distintos, e foram quase simultâneos, facto que está a intrigar bastante os comandos militares, que até à hora desta noticia não sabiam ainda porque razão os aviões caíram. Está já confirmada a morte de dois aviadores e presume-se que os outros dois, dados como desaparecidos, também tenham morrido.
Para complicar ainda mais o mistério, esta madrugada registou-se um incidente com um avião comercial da companhia sul-coreana Korean Air. Este incidente teve explicação, mas não deixa de ser intrigante ter ocorrido na mesma noite.
O Boeing 747 efectuava o voo 630, de Bali para a Coreia do Sul, com 257 pessoas a bordo, quando 'caiu num poço de ar', 40 minutos depois da descolagem. A chamada turbulência de 'ar limpo' não foi assinalada nos radares da aeronave, pelo que não houve tempo de prevenir passageiros e tripulação, pelo que 40 pessoas ficaram feridas, uma delas com gravidade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)