Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Fradique de Menezes anuncia renúncia ao cargo

A instabilidade política em S. Tomé e Príncipe nos últimos anos, poderá agravar-se. Uma semana depois do golpe de Estado frustrado, o presidente do país, Fradique de Menezes, anunciou ontem numa reunião do seu partido, o Movimento Democrático Força da Mudança/Partido Liberal (MDFM/PL), que está disposto a renunciar ao cargo, que ocupa desde Setembro de 2001.
18 de Fevereiro de 2009 às 00:30

Em declarações ao Correio da Manhã, o coordenador-geral do MDFM/PL, João Costa Alegre, confirmou a intenção da renúncia e apontou as razões de Menezes: "Pretendem atribuir ao presidente a responsabilidade pela intentona" e "há grupos instalados que não estão preocupados com o povo, mas apenas com os seus interesses". Refira--se que Fradique de Menezes ainda não se pronunciou publicamente sobre a sua renúncia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)