Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

França: confrontos estalam após subida da extrema-direita

Eleitores recusaram continuar com a política de austeridade imposta pelo presidente François Hollande.
31 de Março de 2014 às 15:48
França, confrontos, extrema-direita, eleições, Marine le Pen, François Hollande
França, confrontos, extrema-direita, eleições, Marine le Pen, François Hollande FOTO: AFP PHOTO / JEAN CHRISTOPHE MAGNENET

Várias cidades francesas foram palco de tumultos, na noite de domingo, depois da Frente Nacional, de extrema-direita, ter registado uma subida histórica nas eleições municipais.  Os eleitores recusaram continuar com a política de austeridade imposta pelo presidente François Hollande e deram a vitória esmagadora ao UMP e ao partido liderado por Marine le Pen, que juntos ganharam mais de metade das câmaras do país.

Em protesto contra as ideias anti-europeístas e de limite à imigração, defendidas pela Frente Nacional, os manifestantes tentaram atacar "os representantes do partido e entraram em confrontos", disse um porta-voz da polícia de Frejus, uma pequena cidade mediterrânica onde a Frente Nacional ganhou as últimas eleições. A polícia registou confrontos em várias outras cidades.

França confrontos extrema-direita eleições Marine le Pen François Hollande
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)