Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

França critica declarações " estereotipadas" de Lagarde

A porta-voz do governo francês criticou este domingo a visão "estereotipada e simplista" da directora-geral do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, que disse numa entrevista que os gregos deviam pagar os seus impostos.
27 de Maio de 2012 às 16:03
Numa entrevistaao diário britânico The Guardian, Lagarde afirmou que os gregos deviam "começar por se ajudar colectivamente" pagando os seus impostos
Numa entrevistaao diário britânico The Guardian, Lagarde afirmou que os gregos deviam 'começar por se ajudar colectivamente' pagando os seus impostos FOTO: REUTERS/Karel Prinsloo

Numa entrevista publicada no sábado pelo diário britânico The Guardian, Lagarde afirmou que os gregos deviam "começar por se ajudar colectivamente" pagando os seus impostos e disse-se menos preocupada com as crianças gregas do que com as da África subsaariana.

Questionada sobre estas declarações, a porta-voz do governo de François Hollande, Najat Vallaud-Belkacem, respondeu: "Acho-as um pouco simplistas e estereotipadas. Penso que, neste momento, não temos de dar lições à Grécia".

Se a Grécia decidir sair do euro, depois das eleições legislativas de 17 de Junho, "isso seria um mau sinal, sem dúvida uma má escolha, para o conjunto dos parceiros europeus e para o resto do mundo", acrescentou a porta-voz.

Lagarde já tinha sido criticada este domingo pelo líder da esquerda radical francesa e ex-candidato presidencial Jean-Luc Melénchon, que considerou as declarações "indignas" e sugeriu que a diretora do FMI se demita.

"Com que direito fala ela desta forma aos gregos?", questionou Mélenchon na televisão France 3. "São declarações indignas. Se houvesse uma moral política, Lagarde devia abandonar o cargo que ocupa", acrescentou.

França Grécia FMI Christine Lagarde declarações
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)