Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Freira que ganhou 'The Voice' Itália torna-se empregada de mesa em Espanha

Cristina Scuccia desistiu da vida religiosa.
Correio da Manhã 21 de Novembro de 2022 às 22:23
Freira Cristina Scuccia
Cristina Scuccia
Freira Cristina Scuccia
Cristina Scuccia
Freira Cristina Scuccia
Cristina Scuccia
A Cristina Scuccia, a freira que se tornou uma sensação depois de ganhar a versão italiana do The Voice voltou a espantar os telespectadores ao anunciar que tinha deixado de ser freira e, agora, era empregada de mesa em Espanha.

Em 2014, a freira chocou todos com a sua audição no The Voice Itália, levou a canção da artista norte-americana Alicia Keys "no one". No decorreu da competição cantou What a feeling, a canção emblemática do filme Flashdance. Mais tarde, produziu um albúm que ofereceu ao Papa Francisco e incluía uma versão da música Like a Virgin, segundo o jornal britânico The Guardian.  

Apesar dos vários elogios, Cristina anunciou num talkshow, este domingo, que abandonou a ordem das Irmãs Ursulinas da Sagrada Família de Milão, Itália. A antiga freira na entrevista surge diferente do que estavamos habituados: em vez do típico hábito, estava de vestido vermelho, sem óculos e com um piercing no nariz. 

"Escolhi seguir o meu coração sem pensar naquilo que as pessoas diziam de mim", afirmou Cristina Scuccia em entrevista, anunciando que tinha deixado o convento há um ano — e rumou até Espanha, onde arranjou trabalho como empregada de mesa. 

Uma fonte da igreja disse que a Cristina "atingiu níveis elevados de fama - recebia chamadas de todo o mundo - e também algumas críticas, o que provavelmente a deixou confusa", a fonte referiu, também, que foi uma decisão da Cristina deixar a ordem e " depois de aparecer tanto na televisão, talvez se perca a bússola, é tão jovem e estava sob muita pressão". 

The Voice Espanha Itália Cristina Scuccia questões sociais
Ver comentários
C-Studio