Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Fundo Estratégico de Filomeno dos Santos prometia 30.000 milhões de euros a Angola

Filho de José Eduardo dos Santos na cadeia por golpe de milhões.
Lusa 26 de Setembro de 2018 às 16:34
José Filomeno dos Santos
José Filomeno dos Santos
José Filomeno dos Santos
José Filomeno dos Santos
José Filomeno dos Santos
José Filomeno dos Santos

Um fundo preparado por José Filomeno dos Santos, prometendo a capitalização de 30.000 milhões de euros para o Estado angolano, esteve na origem de uma transferência ilícita de 500 milhões de dólares, segundo a acusação do Ministério Público.

Os 500 milhões de dólares (426 milhões de euros) das reservas do Estado angolano, transferidos pelo Banco Nacional de Angola (BNA) em 2017 para o exterior, representavam a primeira tranche de um total de 1.500 milhões de dólares (1.270 milhões de euros) para garantir a execução daquele prometido fundo estratégico, segundo o despacho da acusação à qual a Lusa teve acesso e que visa igualmente o então governador do banco central, Valter Filipe, e outros dois arguidos.

Trata-se do primeiro processo da Justiça angolana contra o filho do ex-Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, que desde o início da semana está em prisão preventiva no âmbito de outro processo, sobre a gestão de José Filomeno dos Santos à frente do Fundo Soberano de Angola (FSDEA).

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)