Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Futebolistas assassinados

Dez futebolistas de uma equipa de futebol amador da Colômbia que tinham sido raptados há duas semanas foram encontrados mortos no estado venezuelano de Tachira.
27 de Outubro de 2009 às 00:30
Chávez mantém-se em rota de colisão com a Colômbia
Chávez mantém-se em rota de colisão com a Colômbia FOTO: direitos reservados

O sequestro ocorreu no passado dia 11, quando 12 jogadores da equipa colombiana se deslocaram à Venezuela para disputar um jogo. Um dos jogadores sequestrados, Manuel Cortez, de 19 anos, sobreviveu enquanto outro ainda está dado como desaparecido.

O sobrevivente contou que homens armados, vestidos de negro, os obrigaram a entrar em veículos e levaram-nos. Não sabe quem são, mas a imprensa venezuelana aponta o dedo a comerciantes da região, sem adiantar o motivo.

Para o vice-presidente venezuelano, Ramón Carrizales, as mortes estão relacionadas com conflito interno colombiano.

Estes assassínios agravam a tensão entre Bogotá e Caracas, que estão de relações cortadas desde que o presidente colombiano decidiu aceitar acolher bases americanas. No domingo, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, chamou "atrasado mental" ao ministro da Defesa colombiano por este ter manifestado preocupação com o tráfico de droga que transita da Venezuela.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)