Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Gabby de 22 anos foi viajar com o namorado e nunca mais voltou. Agora, também ele está em parte incerta

No dia 1 de setembro, o rapaz regressou a casa sem a companheira e recusou-se sempre a colaborar com as autoridades.
Correio da Manhã 18 de Setembro de 2021 às 08:13
A carregar o vídeo ...
Gabby de 22 anos foi viajar com o namorado e nunca mais voltou. Agora, também ele está em parte incerta

Gabby Petito, de 22 anos, e o namorado Brian Laundrie, de 23, viajavam juntos pelos EUA numa caravana desde julho e partilhavam as suas aventuras nas redes sociais quando a jovem desapareceu misteriosamente. 

No dia 1 de setembro, o rapaz regressou a casa sem a companheira, contratou um advogado e recusou-se sempre a colaborar com as autoridades, alegando que tinha o direito de permanecer em silêncio.

Na sexta-feira, dia 17, o advogado de Brian anunciou que o jovem não é visto há vários dias, encontrando-se portanto em parte incerta. A família de Gabby Petito já reagiu ao desaparecimento do rapaz, dizendo que este se está a "esconder".

De acordo com o The New York Post,  o FBI considera que não existem provas suficientes para tratar o caso como um crime. A Polícia investiga agora o desaparecimento não só de Gabby como também do namorado.

Este é o mais recente desenvolvimento de um caso que tem captado a atenção dos norte-americanos e dos meios de comunicação ao longo das últimas semanas.

Recorde-se que, Gabby foi vista pela última vez no dia 24 de agosto a sair de um hotel em Salt Lake City. No dia seguinte, enviou uma mensagem à mãe a explicar os destinos seguintes da sua viagem. A partir daí, deixou de atualizar as redes sociais e não manteve qualquer tipo de contacto com a família. 

A Polícia começou logo a investigar o desaparecimento da jovem e tentou que Brian colaborasse, mas sem sucesso. O FBI apreendeu a carrinha utilizada na viagem do casal com esperança de encontrar alguma pista, mas até agora ainda não conseguiram chegar a nenhuma conclusão. 

Gabby Petito Brian Laundrie EUA questões sociais crime lei e justiça política
Ver comentários