Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Ganha indemnização por ter sido chamada de "loirinha peituda"

Uma cliente de uma pastelaria da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, Brasil, ganhou uma acção na justiça e uma indemnização equivalente a 577 euros por ter sido chamada de “loirinha peituda” por funcionários.
2 de Março de 2010 às 19:23
Mulher foi 'ofendida' numa pastelaria do Rio de Janeiro
Mulher foi 'ofendida' numa pastelaria do Rio de Janeiro FOTO: Sérgio Lemos

De acordo com a queixosa, ao entrar no estabelecimento, os funcionários começaram a rir e a cochichar e não tiravam os olhos dos seus seios, nos quais tinha colocado próteses de silicone para lhes aumentar o volume. 

Apesar de incomodada com os risinhos e os olhares indiscretos, ela permaneceu na lanchonete até consumir o que tinha pedido mas, ao receber a comanda (um formulário muito usado no Brasil onde consta tudo o que foi consumido e os preços), a cliente verificou que no papel estava escrito “loirinha peituda”.  

Indignada com o que considerou ser uma forma explícita de discriminação, pois no Brasil as loiras, principalmente as mais exuberantes, são amiúde alvo de piadas nas quais surgem com fama de serem pouco inteligentes, a cliente procurou um advogado e abriu uma acção, que acabou por vencer. 

Na sentença, o Tribunal de Justiça do Rio alega que a queixosa foi submetida a situação vexatória e discriminatória, e que a frase, por ultrapassar os limites dos simples gracejos, a submeteu a constrangimento que merece reparação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)