Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Gomes Júnior disposto a dialogar

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, afirmou ontem que no dia em que sentir que é um factor de instabilidade, será ele o primeiro a "abrir a porta" para sair.
6 de Abril de 2010 às 00:30
PM recebe hoje os militares
PM recebe hoje os militares FOTO: Moussa Balde/Lusa

Gomes Júnior, que se mostrou disposto a dialogar com todas as partes, falava na sequência da revolta militar liderada pelo vice--chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas António Indjai com o apoio do antigo chefe da Armada Bubo Na Tchuto, na 5ª feira.

Posição divergente tem o Partido de Renovação Social, de Kumba Ialá, que considera Gomes Júnior um foco de instabilidade e desafiou o chefe de Estado, Malam Bacai Sanhá, a demiti-lo. Bacai Sanhá ouviu ontem os partidos e o primeiro-ministro vai hoje reunir-se com os militares.

Entretanto, os enviados da CEDEAO, da União Africana e da ONU deixaram ontem Bissau, manifestando-se "encorajados" com regresso da calma.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)